Blog

Base de contatos B2B: Como criar seu próprio mailing segmentado?

Base de contatos B2B: Como criar seu próprio mailing segmentado?

Milhares de profissionais de marketing e vendas ainda compram listas de e-mail e base de contatos, pensando contar com um mailing segmentado de forma ágil e simples. No entanto, essa estratégia é arriscada por diferentes motivos e tende a perder força gradativamente.

Por que você não deve comprar um mailing segmentado?

Primeiro: você está entrando em contato com pessoas e empresas que não aceitaram receber o seu contato e, inclusive, podem não estar interessadas na sua solução. Dessa forma, você corre o risco de receber uma resposta negativa, ou apresentar um alto índice de descadastro em suas campanhas, o que prejudica a capacidade de entrega de seus e-mails.

Segundo: você pode estar dedicado tempo e energia para uma ação de baixo impacto e resultado. Ligações frias não funcionam no mercado B2B, e o comportamento do cliente vem mudando nesse segmento. O processo de compra é longo e dependente de uma ampla cadeia hierárquica, portanto, apenas uma pequena parte da sua lista será convertida em oportunidades reais.

Terceiro: com a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), a partir de agosto de 2020 sua empresa não poderá mais enviar e-mails e entrar em contato sem a prévia autorização da sua base. Não estabelecer e seguir uma política de privacidade corretamente poderá resultar em multas de até R$ 50 milhões. Ou seja, não vale o risco, concorda?

Então, como você pode criar seu próprio mailing segmentado para alavancar sua geração de leads e vendas B2B, sem precisar comprar listas de e-mail? Confira as principais táticas que utilizamos com nossos clientes!

Como construir um mailing segmentado?

Geração de leads online

O princípio para a construção de uma base de contatos no ambiente digital é a criação de formulários e campos para conversão. Eles podem estar em seu site, em seu blog ou em landing pages pensadas para suas campanhas. Assim, você pode coletar informações sobre o seu público-alvo com maior confiabilidade para estabelecer estratégias de nutrição de leads B2B, conforme cada etapa do funil de vendas, por exemplo.

Agora, como atrair e “encantar” o público certo? Nesse quesito, nós recomendamos duas formas de abordagem de marketing:

• Ofertas para download ou inscrição

O inbound marketing é extremamente assertivo na criação de audiências segmentadas, propondo ofertas de valor em troca de informações-chave para suas estratégias de vendas.

Elaborar materiais ricos, como eBooks, webinars, infográficos e estudos de caso é uma forma de atrair leads mais qualificados, e automaticamente coletar dados mais confiáveis – com a autorização deles.

Esses materiais podem ser divulgados por meio das redes sociais, em artigos ou campanhas pagas, por exemplo.

• Mídia paga

Investir em mídia paga, como anúncios no Google e nas redes sociais, também pode te ajudar a criar uma base de contato relevante. Você pode apostar em uma série de estratégias e formatos de campanha, como pesquisa, display, vídeo e até mensagem segmentada, considerando diferentes critérios de segmentação, desde cargo e área de atuação da empresa, até preferências a quantidade de funcionários, por exemplo.

Aqui, a chave é contar com páginas de pouso que impulsionem a conversão de seus leads e, dessa forma, te ajudem a construir e sempre expandir seu mailing segmentado.

Geração de leads offline

É inquestionável que o ambiente digital gera grandes oportunidades, mas isso não significa que o marketing offline deve ser deixado de lado, especialmente no segmento B2B.

Eventos segmentados ainda são o principal canal de geração de leads B2B. Assim, promover ou participar de feiras, congressos e coffee-breaks é uma ótima oportunidades de networking e captação de leads qualificados.

Além disso, você pode unir o ambiente digital e o offline para garantir experiências diferenciadas ao seu público, de forma a potencializar seus resultados, desde a fase de divulgação e inscrição até o relacionamento pós-evento.

Agora que você já conhece as principais estratégias para criar um mailing segmentado e impulsionar suas vendas B2B, que tal agendar uma consultoria com um de nossos especialistas para colocá-las em prática? Entre em contato com a Agência Canna e saiba como podemos ajudar a sua marca tanto no ambiente online como no offline!