Canna

Newsletter B2B: Como construir uma campanha assertiva?

Nós já comentamos aqui no blog importantes estratégias de geração e nutrição de leads, como as landing pages para a conversão de seus visitantes, e as redes sociais para o relacionamento com o seu público. Quando falamos em canais de comunicação no cenário B2B, existem diferentes oportunidades e estratégias, e uma das mais importantes é a newsletter.

93% dos profissionais de marketing B2B já utilizam e-mails marketing para distribuir conteúdo, e 83% conta com newsletters como uma estratégia relevante de seus programas de marketing de conteúdo, de acordo com a pesquisa realizada pelo Content Marketing Institute. Esses dados comprovam que, apesar de não ser nova, a estratégia é cada vez mais utilizada.

No entanto, percebemos algumas dúvidas comuns diante desse tópico e, por isso, decidimos fazer esse artigo com tudo o que você precisa saber para estabelecer uma campanha de newsletter B2B verdadeiramente assertiva!

E-mail marketing x newsletter

Antes de partirmos para as estratégias, primeiro precisamos esclarecer alguns pontos: e-mail marketing e newsletter não são a mesma coisa! Os objetivos, o formato e a periodicionadade são diferentes, portanto, cuidado para não confundir as nomenclaturas!

O e-mail marketing é utilizado com foco em vendas e geralmente tem o propósito de divulgar promoções, ofertas e novos produtos ou serviços. A periodicidade é alta, muitas vezes enviado para a base mais de uma vez ao dia, ou várias vezes por semana. Quantas vezes você não pesquisou e comprou um produto pela internet e recebeu milhares de e-mails da marca e da plataforma depois? Muitas, não é mesmo? Essa é uma estratégia de e-mail marketing amplamente utilizada no segmento B2C e no B2B também!

Enquanto isso, a newsletter é um instrumento de comunicação e relacionamento com o público-alvo, apresentando informações relevantes e novidades sobre uma área ou assunto de interesse que conecte o leitor com a marca. Uma newsletter geralmente segue um padrão temporal, seja semanal, mensal, ou bimestral, por exemplo.

Assim, a newsletter não deixa de ser um e-mail marketing, mas é composta por uma abordagem e um foco diferente. Ambas as estratégias são primordiais dentro de um programa de marketing de conteúdo e a conversão de leads qualificados.

Tipos de newsletter B2B

A newsletter é quase como o “pão com manteiga” de qualquer estratégia de marketing B2B… Simples, barata, rápida de fazer e de implementar. Além disso, depois de criado um modelo alinhado com os objetivos e a identidade da sua marca, fica fácil replicar para outras ocasiões e mensagens.

Existem diferentes tipos de newsletter que funcionam no contexto business-to-business, aqui nós separamos os 3 principais modelos que nós costumamos criar em conjunto aos nossos clientes e são utilizados no mundo inteiro:

Newsletter sobre o segmento e área de interesse

Compartilhar conteúdos relevantes e frequentes para a sua base de leads, como estudos, pesquisas, infográficos, artigos e materiais ricos reforçam a autoridade da sua marca como especialista no seu nicho de mercado, além de agregar valor para seus potenciais clientes.

Newsletter sobre produtos e instruções

Além de manter o seu público atualizado sobre o mercado, também é importante mantê-lo sempre por dentro de suas otimizações e inovações. Você pode compartilhar manuais, convites para treinamentos, webinars, eventos, boas práticas e cases de sucesso capazes de gerar identificação com as necessidades e expectativas de seus leads.

Manter seu público atualizado com todas as novas features e otimizações é uma ótima forma de consolidar seu negócio. Além disso, você pode combinar esse conteúdo com tutoriais de utilização de seu produto.

Newsletter sobre a sua marca e o seu negócio

A partir de uma frequência moderada, também é preciso manter seus contatos atualizados sobre informações e novidades da sua empresa, como premiações, mudanças de endereço, aquisição de novas unidades, avaliações positivas, aniversário de atuação no mercado, participações em eventos etc. Aqui, a ideia é promover confiança, sem ser promocional demais, ok? A estratégia pode ser promover a sua marca, mas a abordagem deve estar sempre focada no seu público!

Como construir uma base de contato para a sua newsletter?

Percebemos que uma das tarefas mais difíceis para empresas e profissionais B2B é a construção de uma base de contatos concreta e qualificada.

Para isso, você pode aplicar estratégias inbound, formulários em landing pages e pop-ups para inscrição em seus sites, além de colher informações sobre seus contatos em estratégias offline, como feiras e eventos.

Quando essa atividade se torna rotineira, a sua lista de e-mails só tende a crescer com o tempo. A implementação de uma ferramenta de automação e a limpeza periódica de sua base são passos fundamentais para a geração e qualificação de seus leads.

10 Dicas para uma newsletter B2B eficiente

Alguns cuidados são essenciais para potencializar as taxas de abertura e conversão de suas newsletters. Aqui estão nossas principais dicas:

1. Cuidado com a classificação de spam

Evite letras maiúsculas e uma mensagem promocional demais, pois seu e-mail pode ser considerado como spam ou nem mesmo chegar para o seu contato. Fora que ninguém se interessa sobre o seu NOVO ARTIGO INCRÍVEL QUE MUDARÁ A MANEIRA DE FAZER NEGÓCIOS!

2. Não invada a caixa de entrada do seu lead

Preste atenção no timing e na periodicidade da sua newsletter. É importante que ela incentive o lead a caminhar na jornada de compra, mas de forma equilibrada. Enviar muitos e-mails pode gerar o efeito inverso, causando o descadastramento de diversos contatos da sua base.

3. Crie e-mails atraentes

Como nós explicamos, o foco da newsletter é o relacionamento com o seu público, portanto, pense sempre em conteúdos que possam agregar de alguma forma. Evite textos muito longos e priorize e-mails fáceis de ler, visuais e que chamem a atenção para uma call-to-action.

4. Personalize o seu conteúdo

O e-mail marketing é, de fato, uma das estratégias de comunicação mais influentes para o público B2B. Quando você cria um conteúdo personalizado, a sua abordagem se torna ainda mais assertiva, garantindo empatia, interação e identificação com o seu lead.

Alguns passos simples, como utilizar variáveis na chamada e no assunto do e-mail, em especial o primeiro nome do lead ou o nome da marca, por exemplo, podem mudar completamente a forma como o seu destinatário recebe e interage com o seu conteúdo. Além disso, o layout é um aspecto essencial!

5. Segmente sua lista

Não adianta personalizar o conteúdo e enviar o mesmo e-mail para toda a sua base. Nem todos os seus leads se interessa por tudo o que a sua marca oferece. Portanto, certifique-se de entender quais são os diferentes interesses do seu público e envie conteúdos segmentados para cada tipo de persona. A segmentaçõo pode ser por dados demográficos, setor e porte da empresa, critérios comportamentais, ou páginas visitadas, por exemplo.

6. Leia, releia e valide as informações que está transmitindo

Sempre verifique a ortografia, a pontuação, a gramática, a consistência do design, a identidade visual adequada, se os links funcionam e se as informações no rodapé estão atualizadas.

7. Teste, teste e teste novamente

Realize testes A/B, aplique diferentes modelos de newsletter e adapte sua abordagem conforme necessário. Uma ferramenta de automação de marketing pode te fornecer os dados necessários para as suas análises e tomadas de decisão!

8. Limpe a sua base periodicamente

Toda vez que você enviar um e-mail, alguns de seus destinatários podem rejeitar ou cancelar sua newsletter. Para evitar uma alta taxa de descadastro e hard bounce (erros de envio e cancelamento), procure sempre remover esses endereços da sua lista e, assim, proteger a reputação do seu domínio.

9. Envie e-mails HTML e de texto

E-mails HTML tendem a ser classificamos como spam com mais frequência do que os e-mails de texto, por isso é uma boa opção ter os dois para evitar a pasta de lixo eletrônico. Além disso, as imagens em seu e-mail HTML podem não carregar, portanto, sempre garanta que os atributos de alt estão devidamente descritos. provavelmente serão suprimidas, a menos que o destinatário opte por exibi-las. Certifique-se de descrevê-las adequadamente.

10. Acompanhe e analise seus resultados

Identifique o compartamento de seus leads, armazene dados sobre seus contatos e suas estratégias e mensure os indicadores de marketing estabelecidos para a sua estratégia de e-mail marketing e newsletter, como:

  • Número total de e-mails enviados;
  • Número total de e-mails entregues;
  • Taxas de abertura;
  • Tipos de rejeição
  • Taxas de cliques;
  • Relatórios de spam e opt-outs.

Quer dar o primeiro passo e não sabe como?

Nós podemos te ajudar! Há mais de 8 anos construímos estratégias de conteúdo para empresas B2B, incluindo newsletters e e-mails marketing segmentados. Nós encaramos essa abordagem como uma importante ferramenta para a geração de leads e podemos contribuir com a jornada de compra de seus potenciais clientes. Conheça a nossa metodologia e entenda tudo o que podemos fazer pelo marketing da sua empresa!

Indice

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

ARTIGOS RELACIONADOS

Compartilhe as informações abaixo que nossos especialistas entrarão em contato